Maiara & Maraisa-Prisão Sem Grade

Página Inicial
Sertanejo
Maiara & Maraisa
Prisão Sem Grade

Ultimamente já não tenho mais mandado em mim, Foi só você que fez com que eu ficasse assim, Não há nada que eu possa fazer, a não ser me envolver Quando o amor invade é sempre natural Bateu dentro do peito, um clique fora do normal E agora só resta deixar, acontecer Você me seduziu me hipnotizou Eu me apaixonei, a cabeça virou Eu sigo a minha vida numa prisão sem grades Eu sigo te amando e todo mundo sabe Todo mundo sabe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *