Luan Santana-Hoje Não

Página Inicial
Sertanejo
Luan Santana
Hoje Não

Hoje não, sou mais seu Hoje não, me perdeu Hoje não vai rolar Não, não, não, não Lembra daquele bolo que me deu Daquela noite que você não apareceu Foi cara-de-pau de me ligar de madrugada Querendo se explicar, vindo aqui na minha casa Pode gritar fazer barraco Pode até chamar o Papa Pode querer, fica querendo Hoje não, sou mais seu Hoje não, me perdeu Hoje não vai rolar Hoje não vai me pegar Hoje não, sou mais seu Hoje não, me perdeu Hoje não, vai rolar Não, não, não, não Quer minha boca na sua boca te mordendo Vai ficar querendo, vai ficar querendo Quer o meu corpo no seu corpo se mexendo Vai ficar querendo, vai ficar querendo Quer minha mão no seu cabelo te trazendo Vai ficar querendo, vai ficar querendo Hoje não, sou mais seu Hoje não, me perdeu Hoje não vai rolar Não, não, não, não Lembra daquele bolo que me deu Daquela noite que você não apareceu Foi cara-de-pau de me ligar de madrugada Querendo se explicar, vindo aqui na minha casa Pode gritar fazer barraco Pode até chamar o Papa Pode querer, fica querendo Hoje não, sou mais seu Hoje não, me perdeu Hoje não vai rolar Hoje não vai me pegar Hoje não sou mais seu Hoje não, me perdeu Hoje não vai rolar Não, não, não, não Quer minha boca na sua boca te mordendo Vai ficar querendo, vai ficar querendo Quer o meu corpo no seu corpo se mexendo Vai ficar querendo, vai ficar querendo Quer minha mão no seu cabelo te trazendo Vai ficar querendo, vai ficar querendo Hoje não, sou mais seu Hoje não, me perdeu Hoje não vai rolar Hoje não vai me pegar Hoje não sou mais seu Hoje não, me perdeu Hoje não vai rolar Não, não, não, não Hoje não sou mais seu Hoje não, me perdeu Hoje não vai rolar Não, não, não, não

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *