Eduardo Costa-É Amor Demais

Página Inicial
Sertanejo
Eduardo Costa
É Amor Demais

Sei que eu fui o culpado de você não estar aqui Às vezes fico perdido sem saber pra onde ir Sou um homem abandonado sem motivos pra sorrir Já falei que eu te amo e você não tá nem aí Seu coração virou pedra e não aprendeu perdoar Quando lembro dos seus beijos vem motivos pra chorar O seu corpo sobre o meu me pedindo pra te amar Meu amor volta depressa ou eu não vou agüentar Ah ah ah…é amor demais É nó que não desata, é paixão que mata, eu perdi a paz Ah ah ah a a a…é amor demais Sem você comigo, a vida é castigo, eu sofro demais Sei que eu fui o culpado de você não estar aqui Às vezes fico perdido sem saber pra onde ir Sou um homem abandonado sem motivos pra sorrir Já falei que eu te amo e você não tá nem aí Seu coração virou pedra e não aprendeu perdoar Quando lembro dos seus beijos é motivos pra chorar O seu corpo sobre o meu me pedindo pra te amar Meu amor volta depressa ou eu não vou agüentar Ah ah a…é amor demais É nó que não desata, é paixão que mata, eu perdi a paz A a a a a…é amor demais Sem você comigo a vida é castigo, eu sofro demais Ah ah a…é amor demais É nó que não desata é paixão que mata eu perdi a paz Ah ah a…é amor demais Sem você comigo a vida é castigo, eu sofro demais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *