Breno & Caio Cesar-Carência

Página Inicial
Sertanejo
Breno & Caio Cesar
Carência

Tá tudo escuro dentro do meu quarto Não me vejo mais sem o seu abraço Do meu lado só o abajur ligado Esse frio não é do ar condicionado Deu cinco minutos, eu fui pra cozinha Pra aliviar, chá de camomila Já que não tá aqui pra me acalmar Eu tentei me segurar Mas nesse tédio não dá Tô no limite, eu vou te confessar Hoje deu carência desse seu amor Só por hoje eu tô carente Me perdoa amor Hoje deu carência desse seu amor Amanhã já passa Desculpa te ligar Mas deu carência desse seu amor Só por hoje eu tô carente Me perdoa amor Hoje deu carência desse seu amor Amanhã já passa Desculpa te ligar amor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *